Vitória de Fátima Bezerra fortalece PT para disputa pela Prefeitura do Natal em 2020

Triunfo da senadora, eleita governadora do Rio Grande do Norte no último domingo, 28, começa a desenhar o quadro eleitoral de 2020, quando ocorrerá novas eleições para a Prefeitura do Natal

Fátima pode abrir as portas para um nome petista no comando do Executivo Municipal em 2020

O triunfo da senadora Fátima Bezerra (PT), eleita governadora do Rio Grande do Norte no último domingo, 28, começa a desenhar o quadro eleitoral de 2020, quando ocorrerá novas eleições para a Prefeitura do Natal. E é de dentro do petismo que surgem dois nomes fortalecidos pelas urnas de 2018: os deputados federais eleitos Fernando Mineiro e Natália Bonavides.

O atual deputado estadual Fernando Mineiro já disputou o Palácio Felipe Camarão em 2012, quando ficou em terceiro lugar. Desde então, não esconde que mantém a meta de comandar a cidade. Já Natália, que estreou na política em 2016 sendo eleita vereadora da capital potiguar, chega à Câmara dos Deputados com o status de ter sido a mais votada da cidade. Com o PT no Governo do Estado, será natural que o partido discuta a possibilidade de lançar um nome próprio para a Prefeitura.

Atual chefe do Executivo municipal, o prefeito Álvaro Dias (MDB) trabalha com foco em reconquistar o mandato. E, para isso, terá ainda quase dois anos para mostrar serviço e conquistar apoios. Ex-deputado estadual, ex-presidente da Assembleia Legislativa e ex-deputado federal, Álvaro tem experiência de sobra. Mas com história política construída no Seridó potiguar, ainda carece de liderança na capital potiguar, onde é pouco conhecido.

Dentro do seu próprio partido, terá a concorrência pela postulação do deputado estadual Hermano Morais (MDB), que foi candidato a prefeito da cidade em 2012, sendo derrotado, na época, pelo próprio Carlos Eduardo em um segundo turno bastante acirrado. Hermano foi reeleito para a Assembleia Legislativa este ano.

Outro nome posto é o do presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Raniere Barbosa (Avante). Aliado da governadora eleita, o parlamentar terá de disputar a preferência de Fátima junto aos nomes petistas citados acima. Além disso, precisará se manter no jogo sem o comando do Legislativo municipal, já que a partir de 2019 o comando da Casa será do vereador Paulinho Freire (PSDB).

O PSOL mais uma vez deverá repetir a estratégia eleitoral de lançar seu candidato majoritário nas eleições de 2020. E, para o pleito futuro, terá entre as alternativas a candidatura do deputado estadual eleito Sandro Pimentel. Isso sem falar na “carta na manga”, que é o nome do professor universitário Robério Paulino.

Além destes, o deputado estadual reeleito Kelps Lima (Solidariedade) é outro nome que desponta para disputar a Prefeitura em 2020. Em 2016, ele concorreu ao cargo e ficou em 2° lugar, perdendo ainda no primeiro turno para Carlos Eduardo Alves. (Agora RN)

autoescolar3a1banner

Esta entrada foi publicada em Politica. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *