Trump e Kim apertam as mãos e iniciam cúpula inédita

É a primeira vez na história que líderes dos dois países se encontram

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o ditador norte-coreano Kim Jong-un se cumprimentaram em um encontro na manhã desta terça-feira (12) – noite de segunda-feira no Brasil -, em Singapura. O aperto de mãos foi o início de uma reunião histórica após tensões e ameaças de ambos os países.Essa é a primeira vez que um presidente dos EUA se reúne com um líder da Coreia do Norte. O encontro dos líderes aconteceu no hotel Capella, na ilha de Sentosa.

Após posarem para fotos, Trump e Kim Jong-un se dirigiram a um salão para a reunião. O presidente norte-americano declarou que espera que o encontro seja um “sucesso”, e o norte-americano reagiu com um sorriso. Objeto de idas e vindas ao longo das últimas semanas, a cúpula havia sido cancelada pelos americanos no fim de maio, sob a alegação de que Pyongyang dera amostras de “franca hostilidade” em relação aos EUA.

No entanto, no último dia 1º, Trump disse que Kim Jong-Un está “comprometido com a desnuclearização” de seu país e que eles estão “construindo um bom relacionamento”. Um acordo entre os países ainda pode selar o fim oficial da Guerra da Coreia, que marcou a separação da península coreana e terminou há 65 anos, mas sem um acordo de paz. (Folhapress).

Esta entrada foi publicada em Mundo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *