Temer inicia articulação para evitar que STF acolha eventual denúncia

Presidente enviou assessores ao tribunal com o objetivo de convencer ministros sobre malefícios de suposta antecipação do fim de seu mandato

Diante da possibilidade de ser alvo de uma nova denúncia da Procuradoria-Geral da República, o presidente Michel Temer teria enviado emissários ao STF (Supremo Tribunal Federal) para avaliar o clima entre os ministros.

O objetivo principal da ação, segundo o jornal Folha de S. Paulo, a fazer com que os assessores consigam conversar com os magistrados para argumentar que, a poucos meses do término da gestão, uma eventual medida capaz de antecipar o fim do mandato seria maléfica para o país.

Entre pessoas próximas ao presidente, entretanto, há quem não acredite que a procuradora Raquel Dodge proceda com a a apresentação da denúncia, que, se acolhida pelo STF, ainda teria de ser remetida ao Congresso para votação.

Esta entrada foi publicada em Política. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *