Servidores da Saúde decidem suspender atividades no Hospital Walfredo Gurgel

Em protesto contra os atrasos salariais, atividades do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel serão paralisadas no próximo dia 10 de janeiro; Governo ainda não se posicionou sobre o indicativo

José Aldenir / Agora RN Sindsaúde confirmou paralisação no dia 10 de janeiro

Durante assembleia realizada na manhã desta sexta-feira, 4, o Sindicato dos Servidores de Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde) definiu, por votos de ampla maioria, paralisar as atividades do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel no próximo dia 10. A paralisação terá duração de 24h.

Ao longo da assembleia, os trabalhadores e trabalhadoras relataram os problemas que estão enfrentando sem o pagamento dos salários por parte do Governo do Estado. Alguns, por exemplo, acusam não ter o dinheiro do transporte para se deslocarem até o local de trabalho.

No mesmo dia da paralisação no maior hospital público do Rio Grande do Norte, os servidores definiram que também será realizada uma assembleia com indicativo de greve para o dia 15 de janeiro. O Governo ainda não se posicionou sobre o tema.

Na assembleia desta sexta-feira, também ficou decidido que o sindicato enviará um ofício para o atual secretário de saúde do Estado, Cipriano Maia, e para o Ministério Publico, onde comunicará a situação dos servidores. (Agora RN)

Acompanhe o Blog Japi na Web pelo Facebook Aqui

Esta entrada foi publicada em Saúde. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *