Raquel Dodge pede arquivamento de investigação contra Fábio Faria por total falta de provas

Foto, Michael Melo/Metrópoles

A procuradora geral da República, Raquel Dodge, pediu o arquivamento total do inquérito envolvendo o deputado federal Fábio Faria, em relação à delação da JBS, por não haver nenhuma prova de crime cometido por ele.

“Com relação do Deputado Federal Fábio Salustino Mesquita de Faria, não foi possível colher nenhum elemento probatório que demonstrasse que o investigado cometeu os referidos delitos. Todas as pessoas relacionadas aos fatos noticiados pelo colaborador negaram ter mantido alguma relação com o parlamentar. Outrossim, a documentação juntada aos autos pelo colaborador em nada demonstra que os eventos que narra ocorreram”, diz a procuradora Raquel Dodge em petição encaminhada à relatora do caso no STF, ministra Rosa Weber.

Com a recomendação do Ministério Público, a defesa aguarda o arquivamento do processo por falta de provas.

Publicidade

Esta entrada foi publicada em Politica. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *