Palmeiras levanta taça de campeão em cerimônia com Bolsonaro no Allianz

Bolsonaro levanta a taça de campeão brasileiro com os jogadores do Palmeiras

O Palmeiras levantou a taça de campeão brasileiro neste domingo (2), no Allianz Parque, após bater o Vitória por 3 a 2 na última rodada da competição. Campeão antecipado, o time alviverde recebeu medalhas das mãos do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que participou da cerimônia no gramado com os atletas e também ergueu o troféu.

Ao lado de Bolsonaro, estiveram o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, o presidente da CBF, Antônio Carlos Nunes, o presidente eleito da CBF, Rogério Caboclo, que assume no ano que vem, e o senador eleito por São Paulo Major Olímpio, também do PSL.

Cada jogador do elenco, além do técnico Felipão e do auxiliar Paulo Turra, foi bastante festejado pela torcida, que quebrou o recorde de público do Allianz Parque, com mais de 41 mil presentes. Todos usaram uma camisa especial com o número 10 às costas, em alusão ao número de títulos brasileiros do clube.

Também vestindo uma camisa 10 do Palmeiras, Bolsonaro foi ovacionado pela maioria dos torcedores presentes ao Allianz Parque, que entoaram gritos como “Mito, mito”, e “Ei, Lula, vai tomar no c…”, em alusão ao ex-presidente e principal nome do PT.

“É um clima de festa, de libertar os sentimentos”, disse Bolsonaro no gramado. “Parabéns ao Palmeiras e a todos os torcedores do Brasil. É uma festa que é ímpar para mim, agradeço à direção por ter sido convidado”.

Bolsonaro recebeu o convite da direção do Palmeiras após ter parabenizado o clube via Twitter pela conquista do título na rodada passada. Ele assistiu ao jogo em um camarote ao lado de nomes como Galiotte, a conselheira e patrocinadora Leila Pereira e o ex-goleiro Marcos. Durante o jogo, recebeu pouca atenção da torcida, mas na cerimônia da taça teve seu nome gritado pela maior parte do estádio.

Após todos os atletas e a comissão técnica receberem medalhas, o capitão Bruno Henrique foi o responsável por levantar o troféu, em meio a uma explosão de rojões e papel picado no gramado. Depois, os jogadores foram fazer a festa com a torcida e deram a volta olímpica. (UOL)

Acompanhe o Blog Japi na Web pelo Facebook Aqui


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *