Neymar ganhou mais de R$ 1 mi por desabafo em comercial da Gillette

O desabafo de Neymar feito no novo comercial da marca Gillette não foi bem recebido pela opinião pública, leia-se jornalistas, comentaristas, analistas esportivos e torcedores. A peça publicitária foi lançada na noite do último domingo (29) e logo virou alvo de críticas nas redes sociais.  A campanha criada pela agência Grey Brasil, do Grupo Newcomm, que tem a conta da Gillette, não alcançou o seu objetivo, que era recuperar a imagem de Neymar após as críticas que o jogador recebeu na Copa do Mundo e estabelecer a paz entre o craque e torcedores mundo afora. A maioria das críticas foi feita por conta da monetização de um drama pessoal por parte de Neymar. A emoção do jogador soou artificial. Segundo o jornal “O Globo”, que ouviu fontes próximas aos envolvidos no comercial, Neymar teve um cachê que passou da casa de R$ 1 milhão por este comercial da Gillette.  A Gillette enviou uma nota ao jornal carioca na qual se manifesta sobre a repercussão negativa do comercial com Neymar. “A nova campanha de Gillette convida todos os homens, começando pelo seu embaixador, a refletirem sobre as novas chances que cada dia oferece para se tornarem melhores do que ontem. Assim como muitos outros, Neymar Jr. encara desafios, lesões e derrotas, e o objetivo de Gillette é encorajar TODOS OS HOMENS, sem distinção, a refletirem sobre a oportunidade de se tornarem “um novo homem todo dia”, disse a empresa.

REAÇÃO

Apesar da justificativa da Gillette, a empresa e a agência Grey Brasil estão estudando estratégias para reverter a repercussão negativa do comercial. No mais, a imagem do atleta segue a mesma ou até piorou após o filme publicitário: o jogador perdeu a simpatia do público.

Esta entrada foi publicada em Esportes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *