Médicos cooperados paralisam atividades por 24h em Natal

Diretoria da Coopmed-RN informou que não se manifestará até que a Prefeitura de Natal apresente um posicionamento para negociar os honorários atrasados

A Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed-RN) anunciou que 50% dos seus profissionais que prestam serviços à Prefeitura do Natal paralisarão suas atividades por 24 horas, a partir das 7h da manhã desta segunda-feira, 23, em plantões de urgência e emergência, nas unidades de saúde de Natal. A cooperativa reivindica o pagamento de três meses de atraso de honorários.

A medida acontecerá em unidades de pronto atendimento (UPA’s), no Hospital Municipal de Natal, nos centros de atenção psicossocial (Caps), nos ambulatórios, no Hospital dos Pescadores, nas maternidades Leide Morais e Araken Pinto, no Samu Natal e nas cirurgias eletivas. Estima-se que 2 mil pessoas sejam prejudicadas com a suspensão dos atendimentos diários dos médicos.

A diretoria da Coopmed-RN informou que não se manifestará até que a Prefeitura de Natal apresente um posicionamento para negociar os honorários atrasados. A Secretaria Municipal de Saúde não se posicionou sobre a paralisação.

carto_bem_estarAcompanhe o Japi na web pelo fecebookinstagram

Esta entrada foi publicada em Saúde. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *