Inflação fecha 2018 em 3,75% e fica abaixo do centro da meta fixada pelo governo

No acumulado de 2018, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 3,75%, dentro da meta estipulada pelo governo federal, de 4,5% (com margem de erro de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos). Em dezembro, o Índice teve variação de 0,15%, a menor para o último mês do ano desde 1994, com o início do Plano Real. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O grupo de Alimentação e Bebidas, com variação positiva de 0,44%, foi responsável por quase ¾ do IPCA de dezembro. Os grupos de Transportes e Habitação, no entanto, puxaram o índice para baixo, ao apresentarem quedas de 0,54% e 0,15%, respectivamente. Nos transportes, contribuiu decisivamente no resultado a variação negativa de 4,25% nos preços dos combustíveis, com destaque para gasolina (-4,80%), óleo diesel (-3,45%) e etanol (-2,70%). Em habitação, o desempenho foi influenciado principalmente pela queda no preço da energia elétrica (-1,96%). Já o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) apresentou, em dezembro, variação de 0,14%. Ao lado de 2016, trata-se da menor alteração desde o Plano Real. No acumulado do ano, o índice ficou em 3,43%. (Fonte: Governo do Brasil, com informações do IBGE)

Acompanhe o Blog Japi na Web pelo Facebook Aqui
bannerfestajapi

Esta entrada foi publicada em Economia. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *