F1: Vettel vence GP de Singapura e põe fim a jejum na temporada

https://vozdabahia.com.br/wp-content/uploads/2019/09/vettel_cortada.jpg.pagespeed.ce.ytRFr3ZNBa.jpg

Sebastian Vettel foi o vencedor do Grande Prêmio de Singapura, em uma prova marcada pelas três entradas do safety car na pista. Seu colega de escuderia, Charles Leclerc, que havia largado na pole position, ficou na segunda colocação, após sair atrás do alemão em sua parada no pit stop e não conseguir recuperar a ponta. Pela primeira vez, uma escuderia conseguiu a dobradinha no complicado circuito de Marina Bay.

Max Verstappen aproveitou as brechas dadas pelos rivais e terminou na terceira colocação. Lewis Hamilton, que lidera o campeonato, chegou a ocupar a 1ª posição temporariamente, mas a estratégia adotada para a prova não surtiu resultado, e ele acabou o GP apenas na quarta colocação.

Após encerrar o jejum, Vettel celebrou seu primeiro triunfo na temporada: “O início da temporada foi complicado para nós, mas, nas últimas duas semanas, nós realmente voltamos à vida”.

Leclerc lamentou ter perdido a oportunidade de somar sua terceira vitória consecutiva na temporada, mas exaltou a primeira dobradinha conquistada por uma escuderia no circuito. “É sempre difícil perder uma vitória como essa, mas foi uma dobradinha para o time e eu fico feliz por isso. Nós chegamos aqui cogitando chegar ao pódio, mas nós saímos com uma dobradinha, então foi fantástico para nós”, comemorou.
Como terminou a corrida
1º – Sebastian Vettel (Ferrari): 1:58.33
2º – Charles Leclerc (Ferrari): + 2,641s
3º – Max Verstappen (Red Bull Racing): +3.821s
4º – Lewis Hamilton (Mercedes): + 4.608s
5º – Valteri Bottas (Mercedes): + 6.119s
6º – Alexander Albon (Red Bull Racing): +11.663s
7º – Lando Norris (McLaren): +14.769s
8º – Pierre Gasly (Toro Rosso): +15.547s
9º – Nico Hulkenberg (Renault): +16.718s
10º – Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo): +17.855s
11º – Romain Grosjean (Haas): +35.436s
12º – Carlos Sainz (McLaren): +35.974s
13º – Lance Stroll (Racing Point): +36.419s
14º – Daniel Ricciardo (Renault): +37.660s
15º – Daniil Kvyat (Toro Rosso): +38.178s
16º – Robert Kubica (Williams): +47.024s
17º – Kevin Magnussen (Haas): +86.522s
Raikkonen, Perez e Russell não completaram a prova
Como ficou a classificação do campeonato
1º – Lewis Hamilton (Mercedes): 296 pontos
2º – Valteri Bottas (Mercedes): 231 pontos
3º – Charles Leclerc (Ferrari): 200 pontos
4º – Max Verstappen (Red Bull Racing): 200 pontos
5º – Sebastian Vettel (Ferrari): 194 pontos
6º – Pierre Gasly (Toro Rosso): 69 pontos
7º – Carlos Sainz (McLaren): 58 pontos
8º – Alexander Albon (Red Bull Racing): 42 pontos
9º – Daniel Ricciardo (Renault): 34 pontos
10º – Daniil Kvyat (Toro Rosso): 33 pontos
11º – Nico Hulkenberg (Renault): 33 pontos
12º – Lando Norris (McLaren): 31 pontos
13º – Kimi Raikkonen (Alfa Romeo): 31 pontos
14º – Sergio Perez (Racing Point): 27 pontos
15º – Lance Stroll (Racing Point): 19 pontos
16º – Kevin Magnussen (Haas): 18 pontos
17º – Romain Grosjean (Haas): 8 pontos
18º – Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo): 4 pontos
19º – Robert Kubica (Williams): 1 ponto
20º – George Russell (Williams): 0 ponto

carto_bem_estarAcompanhe o Japi na web pelo fecebookinstagram

Esta entrada foi publicada em Esporte. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *