Escolas estaduais de Japi aderem à greve por tempo indeterminado

As escolas da rede pública estadual de Japi entraram em greve nesta segunda-feira (26).

O município conta com 3 escolas, sendo duas de ensino fundamental e uma de ensino médio.

Foto: Tiago Rufino

A principal reivindicação dos profissionais da educação estadual é o pagamento da correção de 6,81% do Piso Salarial 2018, que até o momento não aconteceu. Os trabalhadores não aceitaram nenhuma das propostas apresentadas pelo governo para implementar o Piso.

Além da correção do Piso, os profissionais da educação estadual também reivindicam melhorias nas condições de trabalho e o pagamento de direitos que vêm sendo negados: “Os trabalhadores já não aguentam mais serem massacrados pelo governo Robinson.

Nossa pauta já acumula 51 itens. Nem mesmo o Piso (Salarial), que está previsto em lei, foi corrigido.
Por isso, os profissionais decidiram dar um basta e decretar greve.

Não há outra saída”, afirmou a coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso. (Joabson Silva)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *