DNIT vai destinar R$ 1,2 milhão para recuperar pilares da Ponte de Igapó

Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte assina na sexta-feira, 12, o contrato emergencial de reparação inicial da estrutura viária

Última ação pública para recuperar a estrutura da ponte aconteceu em 1990

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) assina nesta sexta-feira, 12, o contrato emergencial para a reparação inicial ponte Presidente Costa e Silva, mais conhecida como Ponte de Igapó, que cruza o estuário do Rio Potengi e liga as zonas Oeste e Norte de Natal.

Segundo o órgão federal, a obra de reforma está orçada no valor R$ 1,2 milhão. Com 606 metros de extensão e 12 metros e meio de largura, a ponte recebe, diariamente, cerca de 80 mil veículos. Construída em 1970, a última ação de manutenção foi realizada em 1990. Nos últimos anos, com a recorrente falta de reparos, os pilares apresentam grave deterioração.

Por conta da degradação da estrutura, o Dnit decretou situação de emergência no dia 1 de março. Segundo o órgão federal, o Complexo de Pontes Sobre o Rio Potengi, como foi nomeada a estrutura viária, apresenta comprometimento estrutural de peças, principalmente em 11 pilares do lado direito – na pista no sentido que segue da zona Norte para a Oeste.

Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, a obra vai garantir a estabilidade da ponte. “Essa obra inicial garante a estabilidade e a integridade da estrutura. O natalense e o potiguar podem ficar tranquilos quanto à estabilidade da ponte”, afirmou ele. O Ministério da Infraestrutura não deu informações sobre os prazos da obra. (Agora RN)

Acompanhe o Blog Japi na Web pelo Facebook Aqui

Esta entrada foi publicada em Diversos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *