Dismorfia sexual: será que você tem?

O que é dismorfia sexual?

Claro, desejar ter um pênis maior é normal, certo? Afinal este é apenas um dos muitos efeitos colaterais de viver em um mundo que coloca expectativas estranhas e arbitrárias sobre como qualquer ser humano deve ser.

Às vezes, porém, a fixação nisso atinge um ponto doentio e atrapalham o sexo e a vida romântica de um cara. É um fenômeno identificado recentemente, chamado de dismorfia sexual.

Esta doença funciona da mesma maneira como qualquer outro distúrbio de imagem: um cara olha para o seu pênis perfeitamente bom e vê algo completamente diferente, causando ansiedade e depressão que interferem em outros aspectos de sua vida.

Motivo

Você pode se perguntar: da onde surge a dismorfia sexual? Grande parte do problema está na pornografia, na qual constantemente recebemos mensagens de que quanto maior o tamanho do pênis é, melhor o sexo será. Todas essas coisas criam pressão cultural sobre os homens.

Isso não quer dizer que toda pornografia seja ruim e ruim e faça os homens se voltarem contra seus próprios pênis. Mas acreditar no que a pornografia retrata faz parte do problema. Por isso, é sempre importante ter em mente que aquilo não é 100% real.

Fique de olho

Sem diagnóstico e tratamento, a dismorfia sexual causa ansiedade, problemas com disfunção erétil e prejudica a capacidade de um indivíduo saudável de ter relações sexuais.

Por isso, se você acha que está passando por isso ou conhece alguém que esteja lembre-se: tamanho não importa. E se isso ainda não resolver, procure um profissional (por exemplo um terapeuta sexual ou até mesmo um terapeuta comum) para te ajudar!

Testosterona

carto_bem_estarAcompanhe o Japi na web pelo fecebookinstagram

Esta entrada foi publicada em Comportamento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *