Ato em defesa de Lula termina com invasão do call center da Riachuelo em Natal

O ato em defesa do ex-presidente Lula, convocado em Natal pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, terminou nesta quarta-feira invadindo o call center da Riachuelo.

A invasão do equipamento é cheia de simbolismo, pois o CEO do grupo, Flávio Rocha, condena esse tipo de ação e se afastou do comando da empresa para disputar a Presidência da República. Seu discurso representa tudo que os defensores de Lula condenam da perspectiva econômica.

Curiosamente, o ex-presidente não tinha o mesmo pensamento que seus defensores, já que a Riachuelo cresceu sob o apoio do BNDES nos governos petistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *