As notícias que você precisa saber para começar o seu dia

Confira as notícias mais importantes do Brasil e do mundo e comece o dia bem informado:

Nenhuma descrição de foto disponível.

Reforma da Previdência

Na reta final das negociações para a votação da reforma da Previdência em primeiro turno na Câmara, o Palácio do Planalto costura uma saída jurídica para abafar a pressão das carreiras de policiais e segurança pública que ficaram de fora das mudanças e abrir caminho para aprovação da proposta na quarta-feira. Nesta terça (9), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo negocia a retirada das forças de segurança no texto principal da Previdência, que será votado esta semana, para que seja enviada depois por projeto de lei complementar.

Na liderança do processo está o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Ele reiterou na segunda (8) a confiança na aprovação da reforma da Previdência no plenário da Casa nesta semana. Segundo ele, será uma vitória construída pelo Congresso, e não pelo governo, de quem cobrou medidas para fortalecer a economia. De acordo com Bolsonaro, ele é o “general” do governo no Congresso.

A expectativa de que a reforma da Previdência seja aprovada com uma margem folgada de votos no plenário da Câmara antes do recesso parlamentar, ou até mesmo já nesta semana, sustentou a alta da bolsa nesta segunda-feira, 8, apesar das quedas dos índices em Nova York, com os investidores atentos às articulações finais do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A liderança do PSL na Câmara disparou uma mensagem para seus deputados em que prevê que a votação da reforma da Previdência, em dois turnos, ocorra apenas no sábado, 13, à tarde, um dia a mais do que estimaram demais lideranças. A líder do governo no Congresso, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), apostou R$ 100 com os colegas do DEM que a reforma será aprovada com 342 votos do plenário, mais do que os 308 votos que são necessários.

O líder da oposição na Câmara, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), confirmou nesta terça-feira, 9, que a oposição vai apostar em um “kit obstrução” para convencer parlamentares a votarem contra a reforma da Previdência. Para Molon, o governo federal “blefa” quando diz que possui mais de 330 votos para aprovar a matéria. Como se trata de uma proposta de emenda à constituição, são necessários 308 votos favoráveis. O presidente Jair Bolsonaro pretende ir à Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 10, pela manhã para acompanhar presencialmente parte da sessão de votação da proposta que modifica as regras de aposentadoria no País.

Vaza Jato

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) alegou sigilo e não esclareceu ao Tribunal de Contas da União (TCU) se está realizando algum tipo de análise sobre movimentações financeiras do jornalista Glenn Grennwald, do site The Intercept Brasil. A resposta foi protocolada no TCU na tarde desta terça-feira, 9, junto com a manifestação do ministro da Economia, Paulo Guedes – este, por sua vez, explicou que apenas o Coaf, por ser um órgão autônomo, poderia dar informações e se disse “intrigado”.

Sérgio Moro

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, ficará afastado do cargo na próxima semana “para tratar de assuntos particulares”. O período de afastamento do ministro se dará de 15 a 19 de julho. O despacho presidencial que autoriza a licença de Moro está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, dia 8, sem mais informações sobre os motivos da decisão.

Operação no Cruzeiro

A Polícia Civil de Minas Gerais deflagrou, na manhã desta terça-feira, mais uma parte da operação envolvendo o Cruzeiro. Por volta das 8h, com oito carros os policiais fizeram buscas na sede da agremiação, no Barro Preto, região central de Belo Horizonte. O objetivo é encontrar documentos falsos, práticas como falsidade ideológica e lavagem de dinheiro, conforme denuncias recebidas. A diretoria do Cruzeiro é alvo das investigações, assim como empresários e membros de torcidas organizadas.

Máfia italiana

A Polícia Federal cumpriu, na manhã de hoje (8), mandados de prisão contra dois italianos, pai e filho, suspeitos de integrar o braço da máfia italiana na América do Sul, conhecido como “Ndrangheta”. O grupo mafioso, com origem na região da Calábria, no sul de Itália, controlaria 40% dos envios globais de cocaína, representando o principal esquema criminoso importador para a Europa. Eles estavam foragidos desde de 2014, com passagens por Portugal e Argentina.

Neymar

Em comunicado oficial divulgado pelo Paris Saint-Germain, o clube afirmou que Neymar não se apresentou junto ao elenco nesta segunda-feira, dia previsto para as atividades iniciais de pré-temporada da equipe. Ainda de acordo com a nota, os parisienses tomarão as medidas apropriadas para a situação, repudiando a atitude do atleta. O pai do jogador desmentiu o atraso em entrevista à Fox Sports, alegando que o clube havia sido notificado com relação aos compromissos do camisa 10.

Novidade na CBF

No dia seguinte ao título da Copa América, a CBF anunciou nesta segunda-feira que Juninho Paulista é o novo coordenador da seleção brasileira masculina principal. Ele assume o cargo que antes era ocupado por Edu Gaspar, que será diretor de futebol do Arsenal, da Inglaterra. O ex-jogador já havia ocupando o cargo de diretoria de desenvolvimento do órgão e agora elevou o seu status como dirigente da equipe nacional.

Aprovação presidencial

Pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira, 8, mostra que 33% da população considera o trabalho do presidente Jair Bolsonaro ótimo ou bom, enquanto 31% avaliam como regular e outros 33%, como ruim ou péssimo. Além disso, 2% disseram não saber avaliar. Em abril, segundo o Datafolha, 32% consideravam o trabalho do presidente ótimo ou bom, 31% viam como regular e 30% como ruim ou péssimo, com 4% que não souberam responder.

Imposto de renda

A consulta para o segundo lote da restituição do Imposto de Renda foi liberada pela Receita Federal às 9h desta segunda-feira, 8. De acordo com a Receita, 3.164.229 contribuintes estão incluídos neste lote, totalizando o valor de R$ 5 bilhões. A consulta pode ser realizada pelo site oficial da Receita (http://receita.economia.gov.br/) ou pelo Receitafone, no número 146.

carto_bem_estarAcompanhe o blog Japi na web pelo fecebookinstagram

Esta entrada foi publicada em Diversos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *